Home Notícias Cinema Soundtrack | Selton Mello e o produtor Julio Uchoa comentam sobre o filme

Soundtrack | Selton Mello e o produtor Julio Uchoa comentam sobre o filme

0
0

O Republika POP esteve presente na coletiva de imprensa de “Soundtrack”, novo filme da dupla de diretores anônimos 300ml. No evento pudemos bater um papo com Selton Mello, o protagonista do filme, e o produtor executivo Julio Uchoa.

Em 2006 quando os diretores 300ml lançaram o famoso curta “Tarantino’s Mind”, poucos imaginariam que naquele momento nasceria um novo projeto. Anos depois os diretores se reuniriam novamente com Selton Mello e Seu Jorge, que já haviam protagonizado o antigo curta, para filmar “Soundtrack” ao lado de Ralph Ineson, Lukas Loughran e Thomas Chaanhing.

“Soundtrack” narra a história de Cris (Selton Mello), um artista brasileiro que viaja para uma estação de estudos isolada na neve em busca de autorretratos, ao som de uma playlist previamente selecionada por ele, que devem compor aquela que ele considera a exposição de sua vida. Chegando lá, ele se depara com a realidade de quatro cientistas: Cao (Seu Jorge), botânico brasileiro que investiga a flora em situações extremas; o britânico Mark (Ralph Ineson), especializado em aquecimento global; o biólogo chinês Huang (Thomas Chaanhing) e o pesquisador dinamarquês Rafnar (Lukas Loughran) – envolvidos em projetos grandiosos, que levam Cris a questionar a real importância de sua arte.

Durante a coletiva, Julio Uchoa comentou um pouco sobre o processo de construção do filme que foi inteiramente rodado dentro de um estúdio simulando o Ártico na Barra da Tijuca..  “O primor é trazer um filme da qualidade melhor possível para nosso público, e é um filme brasileiro, graças a Deus”, mencionou o produtor.

Ainda sobre  a produção do longa, Selton analisou sua primeira experiência com um filme feito 100% em computação gráfica: “Eu nunca tinha vivido essa experiência […] Para mim foi novo e inspirador, porque na verdade a base do trabalho do ator é a imaginação, e quando se está dentro do estúdio você acaba vivendo a coisa mais primitiva do ofício que é imaginar”. O ator chegou a mencionar sua amizade com Rodrigo Santoro contrapondo a intensa experiência do amigo com o CGI em Hollywood, com sua primeira experiência do gênero no cinema nacional. “As pessoas não imaginam que o filme foi rodado dentro de um estúdio. Eu acho que isso abre uma nova era de possibilidades […] É impressionante o trabalho de pós-produção desse filme, é a prova da nossa maturidade técnica ” – completou Selton.

Uchoa mencionou a experiência de imersão que os diretores tentaram provocar nos atores para tornar suas interpretações mais verossímeis: “Nós colocávamos o ar-condicionado em 8ºC no estúdio para todos sentirem frio e trazer a intenção da imersão no set”. O produtor também comentou sobre a atmosfera do longa que une diferentes pessoas em um espaço pequeno e completamente isolado do resto do universo: “O filme é um recorte da realidade, um microcosmo do que vivemos, as diferenças, os desejos. Aquele espaço é uma réplica do nosso mundo”.

Selton Mello ressaltou como sua experiência de 35 anos de carreira tem modificado seu trabalho, o ator comenta como o preparo tem se tornado menos presente em seu trabalho: “Eu cada vez estou mais interessado em não preparar pra nada, porque nós não somos preparados para nada. A qualquer momento o teto pode cair e nós não estaremos preparados para isso […] Me interessa muito o despreparo”. Além disso, Selton mencionou sua identificação com o personagem que interpreta em “Soundtrack”, pois ambos trabalham com a arte. O ator, no entanto, especificou sua principal diferença com o protagonista do longa: “É nesse ponto que nos separamos. O Chris duvida do que ele faz, e eu não duvido do poder da verdadeira arte”.

Por fim, os entrevistados comentaram sobre as experiências causadas pelo filme: “É um filme que tocou todos nós pelo menos de uma forma” – mencionou Uchoa. “O filme também fala sobre amizades e encontros […] “Um filme muito humano para um mundo tão desumano” – ressaltou Selton.

“Soundtrack” estreia em 06 de Julho, o filme tem coprodução da Orion, Globo Filmes, OM.art, Clan, FM Produções, Naymar/Cia Rio e é distribuído nacionalmente pela Imagem Filmes.

Comments

Comentários

Will Brandini Um urso, discípulo de Zé Colméia, assaltante de pipoca de cinema que tenta falar nerdices com alguma autoridade enquanto foge do Guarda Smith.