Home Resenhas Cinema Crítica | LEGO Batman: O Filme

Crítica | LEGO Batman: O Filme

0
0

Sou fã de Batman desde sempre. Quando criança, eu colocava uma toalha com touca na cabeça e fingia ser o homem-morcego combatendo o crime. Acompanhei a série dos anos 60, transmitida no Brasil duas décadas depois pelo SBT, assisti todos os filmes lançados no cinema desde o protagonizado por Michael Keaton, em 1989 (preciso me redimir da minha falha de ainda não ter assistido “Batman – O Homem-Morcego”, de 1966, com Adam West e Burt Ward, os mesmos atores do seriado) e quase todos cartoons em que o Batman fez aparições oficiais (Super Amigos, Liga da Justiça, Liga da Justiça Sem Limites, Batman do Futuro, etc.).

As animações feitas sobre o universo LEGO têm sido fantásticas. Eu já tinha visto a versão LEGO do homem-morcego na animação “Uma Aventura Lego” (The Lego Movie – 2014), a qual é ambientada depois dos acontecimentos de LEGO Batman: O Filme (há um detalhe em ambas animações que deixa isso bem claro).

LEGO Batman: O Filme tem tudo o que um bom filme de super-heróis precisa ter: muita ação, várias explosões, uma linda mulher pela qual o mocinho se apaixona, uma boa trama e vilões à altura. Embora o tom de comédia seja predominante, há momentos tensos e há momentos tristes, em que você esquece que está vendo um desenho animado e passa a enxergar atores reais na telona.

E os gráficos? AAAAaaaah, os gráficos! A qualidade desse tipo de animação está cada vez mais surpreendente. Embora tudo seja baseado nos famosos bloquinhos de encaixar, a plástica apresentada e a luz utilizada confere um tom de realismo que supera e muito as animações anteriores que retratam o universo LEGO.

E as referências? AAAAaaaah, as referências! LEGO Batman: O Filme é um filme para os fãs de Batman. Há referências a TODOS os filmes já lançados no cinema e à série televisiva de 1966. Durante a sessão, as gargalhadas corriam soltam quando… ah, não, espera! Sem spoilers. Você vai ter que assistir para ver.

E LEGO Batman: O Filme, com certeza, também é um filme para nerds. Imagine que o Coringa alistou os mais famigerados vilões de diversos outros filmes e seriados para fazer parte de sua trupe. Se você é nerd não vai conseguir deixar de dizer em voz alta o nome de cada um conforme eles vão aparecendo na tela. E não só isso, há, também, monstros da mitologia grega, como a Medusa, as harpias, entre outros.

Também há várias referências ao filme Batman vs. Superman e a rivalidade entre eles. Enfim, referência é o que não falta.

E também é um filme para pais e filhos. E aqui eu me refiro a PAIS, MESMO. Isso porque a figura paterna, masculina, é muito presente, tanto no que se refere ao mordomo Alfred, que cuidou de Bruce Wayne desde que ele perdeu seus pais ainda criança, como à relação entre Batman e Robin.

Bom, não é fácil tentar destacar os pontos bons em uma animação tão empolgante sem descrever a história e soltar spoilers à torta e à direita. Mas consegui.

Minha intenção com este texto é deixar claro para você, leitor, que assistir LEGO Batman: O Filme VALE A PENA!

Então, bom filme!

Ficha Técnica

Título: The LEGO Batman Movie (Original)
Ano de Produção: 2017
Direção: Chris McKay
Estreia: 9 de Fevereiro de 2017 ( Brasil )
Duração: 104 minutos
Classificação: L – Livre para todos os públicos
Gênero: Animação / Comédia
Países de Origem: Estados Unidos da América

Comments

Comentários

Kleber Pedroso Um nerd quarentão, com muita coisa para dizer. Tradutor e revisor por profissão, mas gosto mesmo é de escrever, e vou viver disso antes dos 50. Editor do Portal NERD AOS 40, www.nerdaos40.com.br.