Home Notícias Cinema Teoria | Star Wars: Seria Kylo Ren “O Último Jedi”?
Teoria | Star Wars: Seria Kylo Ren “O Último Jedi”?

Teoria | Star Wars: Seria Kylo Ren “O Último Jedi”?

0
0

Nessa semana a Disney divulgou o nome oficial do Episódio VIII de Star Wars. Intitulado “The Last Jedi”, o título é uma grande incógnita para os fãs já que sua tradução pode referir-se literalmente a “O Último Jedi / A Última Jedi / Os Últimos Jedis”.

É claro que se a tradução não se cuidar, poderá entregar o plot do filme de mãos beijadas para os fãs. Mas antes que isso aconteça, que conclusão podemos chegar com esse título?

Além do título em si, há algo que realmente chamou minha atenção em “The Last Jedi’. Repare no logo oficial divulgado pela Disney:

Star Wars escrito em vermelho? Sim, isso não deve significar algo bom. A cor vermelha pode claramente referir-se às cores da Primeira Ordem e aos Sith, pela cor de seus sabres de luz.

O Episódio VIII poderia então estar focado no lado sombrio da força? Para mim, mais do que isso; A cor vermelha é uma mudança brusca nas tradições de Star Wars e me sugere que algo não está em seu devido lugar.

Considerando o novo título e a mudança no logo, chego a uma conclusão rápida sobre o que tudo isso significa: Plot Twist.

Para os desconhecem o termo, plot twist é um recurso narrativo que promove uma mudança radical nos rumos de uma história. Você obviamente se lembra da icónica cena de “O Império Conta-ataca” onde Darth Vader conta para Luke Skywalker que ele é o seu pai. Pois é, esse é um plot twist.

Star Wars é um cenário perfeito para os plots twists, e, para mim, a continuidade da franquia com Disney não será marcada pelo abandono das reviravoltas no meio das histórias. Uma coisa eu lhe garanto: Há algo acontecendo em “O Despertar da Força” que você não faz a mínima idéia que está lá.

Então vamos finalmente a minha teoria:

Em “O Despertar da Força” sabemos que Kylo Ren abandonou o treinamento Jedi que estava tendo com o Luke e se deixou corromper pelo Lado Negro da Força – Isso é um tanto clichê para Star Wars. Será mesmo que a Disney iria repetir toda a história novamente? – Fracassado e frustrado pelo acontecido com Kylo, Luke se exila em Ahch-To em busca do Primeiro Templo Jedi.

Essa é a parte da história que todos conhecemos, mas e se ela for contada de outra maneira…

Luke enquanto treina Kylo Ren passa a arquitetar sua cartada final contra a Primeira Ordem. Para dar andamento ao seu plano, Luke prepara a peça principal para desarticular seus inimigos, o seu próprio sobrinho.

Luke e Kylo armam o desastre da última geração Jedi sem levantar suspeitas. Kylo parte para as forças da Primeira Ordem, e Luke se exila em Ahch-To dando continuidade ao seu plano.

Se formos realmente tomar esse ponto de vista há uma grande complicação. Estando teoricamente trabalhando a favor de Luke, Kylo mataria o próprio pai na Base Starkiller?

Vamos rever a cena da morte de Han Solo:

Kylo: “Eu sei o que devo fazer mas não sei se tenho força para fazer isso. Você vai me ajudar?”

Han: “Vou, qualquer coisa.”

Kylo: “Obrigado.”

A morte de Han é um pouco estranha, não? Parece que houve um certo consentimento de Han Solo para que Kylo concluísse sua missão. O filho aparenta sofrer mais do que devia para um vilão, apesar de toda sua instabilidade emocional.

Mais do que em qualquer outro filme, sabemos que em Star Wars “o lado do bem” sempre necessitou de grandes sacrifícios para alcançar seus objetivos. Prova disso é o próprio Rogue One com seu verdadeiro esquadrão suicida.  Por que, então, a morte de Han Solo não poderia ser vista como um sacrifício do próprio contrabandista para o que filho demonstrasse de fato a sua lealdade a Primeira Ordem e consumasse seu plano junto a Luke?

Tendo isso em vista, vamos finalmente ao “The Last Jedi”. Com o plano em andamento, e Kylo infiltrado na Primeira Ordem é dado o início ao Episódio VIII. Após os diversos conflitos esperados entre a Resistência e a Primeira Ordem, o plano de Luke (já resgatado por Rey) é finalmente revelado. Kylo Ren retorna para os Rebeldes como o grande salvador que desarticulou as forças sombrias e revela ser “O Último Jedi”.

Se isso for muito mais que uma teoria, saberemos em 15 de dezembro com a estreia de Star Wars: The Last Jedi.

Comments

Comentários

Will Brandini Um urso, discípulo de Zé Colméia, assaltante de pipoca de cinema que tenta falar nerdices com alguma autoridade enquanto foge do Guarda Smith.