Home Notícias “Clubversão” Ganha Novos Episódios Pelo Cinemax Em 14 De Novembro
“Clubversão” Ganha Novos Episódios Pelo Cinemax Em 14 De Novembro

“Clubversão” Ganha Novos Episódios Pelo Cinemax Em 14 De Novembro

0
0

central-da-mpb-programa-subversao-hbo-2

Os novos episódios da série Clubversão, com produção da Polar Filmes e exibição exclusiva no canal Cinemax, estreia em 14 de novembro, às 21h45.

Após o sucesso da primeira temporada, a série traz importantes nomes da música brasileira para dar continuidade à missão de criar uma nova leitura para uma canção já conhecida em apenas um dia.

Composta por 13 episódios, de 30 minutos cada um, Clubversão acompanha o processo criativo que acontece no estúdio, desde o primeiro encontro dos artistas e músicos convidados com os produtores musicais até a gravação das bases, vozes e a execução da nova versão da música.

O episódio “Baby do Brasil e Seu Jorge” (estreia 14 de novembro) apresenta o novo frescor que os dois cantores deram para a emblemática canção “Qualquer Coisa”, de Caetano Veloso. Em seguida, “Gaby Amarantos e Gui Amabis” une os variados tons, referências e sotaques dos artistas para interpretar “Ponteio”, de Edu Lobo, dando a ela uma roupagem diferente.

“Maria Gadú e Filipe Catto” (estreia 21 de novembro) traz  um encontro cheio de energia, em que os dois fazem a versão de um dos maiores sucessos do The Doors, “Touch Me”. Na sequência, “João Donato e Nina Becker” exibe a reinvenção de “Smoke Gets in Your Eyes”, de Jerome Kern e Otto Harbach, que teve a versão de maior sucesso gravada pelo The Platters.

“Wanderléa e Fred 04” (estreia 28 de novembro) apresenta a inusitada mistura de referências da Jovem Guarda e do Manguebeat. Juntos, eles revisitam “A Voz do Morro”, clássico de Zé Keti que exalta o samba dos morros cariocas. Já no episódio seguinte, “Roberta Sá, Davi Moraes e Curumin”, Noel Rosa tem uma de suas principais canções revisitada pelo trio de cantores, que propõe um caminho diferente para o samba inconformado de 1933, “Filosofia”.

“Fernanda Takai e Guilherme Arantes” (estreia 05 de dezembro) traz uma releitura especial do clássico absoluto de Elton John, “Tiny Dancer”. Depois, o episódio inédito “Jeneci, Siba e Bi Ribeiro” recria a atmosfera do sertão impiedoso que cantava Luiz Gonzaga em “Assum Preto”, com a união da sanfona de Jeneci, a rabeca de Siba e o baixo de Bi Ribeiro, acompanhados da percussão de Thomas Harres.

No episódio “Marisa Orth, Rael e Irina Neblina” (estreia 12 de dezembro), as cantoras e o rapper recontextualizam de maneira improvável e bem-humorada a polêmica música “Jorge Maravilha”, de Chico Buarque. Em seguida, “Domênico, Laura Lavieri e Luiz Carlini” mostra o trio de músicos reunido para uma releitura de  “Psycho Killer”, do Talking Heads.

“Fagner e Ava Rocha” (estreia 19 de dezembro) exibe um encontro emocionante, no qual os artistas dão nova cara para “Volver a los 17”, de Violeta Parra, canção que foi banida durante o governo de Pinochet e ficou conhecida na voz de Mercedes Sosa. Logo depois, “Dado Villa Lobos, Roberta Campos e Gustavo Garde” apresenta uma nova roupagem para “Virgínia”, dos Mutantes.

O episódioNey Matogrosso e Marina de la Riva” (estreia 26 de dezembro) encerra a nova temporada de Clubversão, com uma nova interpretação para a composição “Por Una Cabeza”, de Carlos Gardel.

Clubversão  é produzida por Roberto Rios, Maria Angela de Jesus, Paula Belchior e Patricia Carvalho, da HBO Latin America Originals, e Renata Galvão e Gisa Locatelli, da Polar Filmes, com recursos da Condecine – Artigo 39. A série tem direção artística de Fábio Pinczowski, direção geral de Alessandra Dorgan e será distribuída com exclusividade pela HBO Latin America.

Comments

Comentários

Dennis Himura Um Ewok de coração, mas preso no corpo de um Wookie!