Home Notícias Games E3: O Que Rolou na Conferência da Ubisoft

E3: O Que Rolou na Conferência da Ubisoft

0
0

A Ubisoft como sempre em toda E3 mostrou ao que veio com palavrões, gameplay, muita cor e a linda Aisha Tyler como host do evento!

Começamos já em ritmo de empolgação com a a confirmação de Just Dance 2017 para todas as plataformas!

Tivemos dois trailers das expansões de The Division:

Sobrevivência

Submundo

Depois do sucesso de Grow Home, a continuação do game experimental da Ubisoft foi anunciada na E3, o Grow Up.

Aí tivemos quase 10 minutos de gameplay do novo Tom Clancy’s Ghost Recon Wildlands mostrando diferentes posições e funções de cada membro do esquadrão nas missões da Bolívia dominada pelo tráfego de drogas!

E finalmente tivemos o trailer da continuação de um dos jogos mais divertidos que foi lançado para PS3/PC/Xbox 360, South Park: The Fractured But Whole. Que quem comprar o jogo irá receber o primeiro jogo grátis com ele para os consoles atuais.

O misterioso For Honor finalmente deu as caras com um gameplay viceral, um visual estonteante que deixou a platéia em polvorosa durante cada execução no vídeo.

Agora o que aconteceria se combinássemos TRIALS com Blood Dragon? Exatamente isso, TRIALS of The BLOOD DRAGON, um jogo absurdo que combina a estética e nonsense retrô de Blood Dragon com o desafio de TRIALS.

Tivemos uma parte da conferência dedicada a Realidade Virtual, o famoso VR, todos esses com alguns títulos.

Já se imaginou na ponte de comando da sua prórpria nave da Federação? Então seu sonhos podem se realizar com Star Trek: Bridge Crew VR

Que tal férias emocionantes em primeira pessoa e em lugares únicos? Que tal combinar isso com esportes radicais e realidade virtual? É o que Steep promete entregar!

E por último, tivemos a demonstração de um jogo conceitual que promete entregar uma visão única de como é ser uma águia, combinando isso com Gameplay competitivo, Eagle Flight VR parece frenético e imersivo.

Comments

Comentários

Carlos Vivacqua Criado em um laboratório por motivos de puro luxo e inveja, Vivacqua tornou-se o inventor da internet e em seguida da primeira máquina do tempo.