Home Resenhas Livros Bidu – Caminhos: Um Amor na Forma de Pequenos Quadros
Bidu – Caminhos: Um Amor na Forma de Pequenos Quadros

Bidu – Caminhos: Um Amor na Forma de Pequenos Quadros

0
0

Capa-Bidu-Caminhos-Eduardo-Damasceno-Luis-Felipe-Garrocho-Resenha

A 5ª Graphic MSP, lançada em agosto de 2014, possui a presença ilustre do primeiro personagem de Maurício de Sousa: Bidu.

A HQ feita pela dupla Eduardo Damasceno e Luís Felipe Garrocho, uma HQ harmoniosa, com textos no timing certo e com uma arte limpa, que parece mais uma animação. Os painéis são pequenos quadros e funcionam como completo, as onomatopeias que também reforçam várias situações, como acompanhar o sopro do vento, o fluxo da água ou ajudar na compressão de uma faminta barriga vazia, as cores bem aplicadas com um sombreamento impecável, tudo se encaixa de uma forma tão simples, tão sensível. Outro ótimo recurso são as “falas” dos cachorros. Ao invés de palavras, os cães da HQ falam através de imagens. O que eles estão falando aparece desenhado nos balões de diálogo. Além de visualmente bacana, esse recurso faz com que os animais não se fiquem antropomorfizados, mas continuem sendo cachorros durante toda a HQ. E até denota a personalidade de cada um deles.

pagina-do-quadrinho-bidu

 

Bidu: Caminhos é um trabalho maravilhoso e sensível, que não ficará apenas enfeitando a minha estante, é algo para ser lido, apreciado e absorvido, pois em alguns momentos da vida precisamos que alguém ou uma Graphic Novel dessas esfregue na nossa face que tudo acontece por algum motivo e que tudo que ocorre, ocorre na hora certa, mesmo que seja difícil entender isso.

hq-bidu-caminhos-pagina-do-quadrinho

O conteúdo é incrivelmente poético. É poesia, é amor na forma de pequenos quadros. Toca o coração, principalmente daqueles que sabem e já experimentaram o tamanho do sentimento que se forma entre as pessoas e seus amigos de estimação.

Comments

Comentários

Aline Semensato Paulistana com estilo geek e mantendo a fofura como a casca de uma tartaruga. Solteira, namorando, noiva, superou a crise dos 30 sem fazer botox. Projeto de leitora, tentativa de corredora.