Home Notícias Games The Witness: Apesar da Pirataria, Jogo Vendeu 100 Mil Unidades
The Witness: Apesar da Pirataria, Jogo Vendeu 100 Mil Unidades

The Witness: Apesar da Pirataria, Jogo Vendeu 100 Mil Unidades

0
1

The Witness, jogo desenvolvido pela Thekla Inc., já vendeu mais de 100 mil unidades e rendeu ao estúdio mais de 5 milhões de dólares, mesmo sendo o jogo no topo da lista de um site de torrents.

The Witness: Apesar da Pirataria, Jogo Vendeu 100 Mil Unidades
The Witness

Em seu Twitter. Jonathan Blow reclamou sobre seu jogo ser o primeiro na lista de downloads em um famoso site de torrents, muitos podem não reconhecer, mas Blow é o famoso criador do jogo Braid, que é um dos primeiros jogos indies a fazer sucesso massivo. “Parece que The Witness é o #1 em um certo popular site de torrents, infelizmente isso não nos ajudará em permitir fazermos um novo jogo!” – disse ele em seu Twitter.

The Witness está sendo um sucesso de criticas principalmente entre os jogadores, sendo chamado de um dos melhores jogos de puzzle lançados até hoje, seu sucesso se reflete em suas vendas, The Witness foi lançado no dia 26 de Janeiro e ainda é um dos jogos mais vendidos na Steam. Atualmente o jogo já vendeu mais de 100 mil unidades e arrecadou 5 milhões de dólares, a reclamação de Blow sobre a pirataria é justificável, já que apesar da quantia, boa parte dela é descontada por porcentagem dos meios de venda e impostos o que ainda não cobriu o custo do desenvolvimento, a quantia é resultado das vendas em PC pela Steam e de consoles pela PSN.

The Witness: Apesar da Pirataria, Jogo Vendeu 100 Mil Unidades
The Witness

Jonathan Blow revelou algumas curiosidades sobre as vendas e o futuro do jogo, dizendo que a quantia é maior do que a feita com Braid, seu último jogo, mas vale lembrar que Braid custava apenas 15 dólares na época, enquanto The Witness custa 40 dólares. O estúdio de Blow também está pensando em lançar o jogo para outras plataformas, como iOS, Android, Mac e Xbox One.

Atualmente The Witness pode ser jogado no PlayStation 4 e PC.

Comments

Comentários

Sulean Moura Aventureiro desde o Megadrive, mais de quinze anos de jogatina e arqueologia dos jogos eletrônicos.
  • É triste ver que mesmo estes jogos não sendo tão caros, nossos caros internautas não entendem por que a industria ficou neurótica com a pirataria. A exemplo da EA e da Blizzard, imagina você investir milhões, visando lucro é lógico, afinal você é uma empresa, ai você resolve enxugar um poucos os lucros e cobra um preço justo pelo seu produto. E mesmo fazendo isso vem aquela turminha bacana, para quebrar a proteção e distribuir o lucro da sua empresa de graça. só vejo um resultado para isso. Ou a empresa quebra, ou ela aumenta os preços. Dos dois jeitos quem perde é agente que esta se divertindo tenta ainda alimentar a industria que nos trás tantos momentos para se lembrar.