Home Notícias Literatura Resenha: Os Molambolengos
Resenha: Os Molambolengos

Resenha: Os Molambolengos

0
0

header-evange-1024x293

A Editora Aleph me surpreendeu mais uma vez ao provar que ainda pode enriquecer demais o seu universo. Dessa vez, saem de cena as naves espaciais, os alienígenas, os sabres de luz e os robôs; eles serão substituídos por marionetes. Não, você não leu errado. O livro é sobre uma trupe de marionetes. Sabe qual é a melhor parte? A obra é ótima.

O livro é bem curto, visto que é infantil e muito visual.

20151226_121415

 

Evangeline cria uma obra diferenciada, principalmente pelo tom dado a um enredo infantil. Saem às imagens bonitinhas, os personagens fofinhos e a história animada. Aqui os tons são amarelados e meio sombrios; os Molambolengos, à primeira vista, não parecem nada simpáticos e fofos e essa não é uma história de sorrisos. Ao contrário, é sobre uma menina mimada.

O grande mérito da autora é exatamente esse: fugir do lugar comum. Ela quebra o padrão e parte para algo bem diferente, o que raramente acontece em livros voltados para o público infantil. Além disso, a obra também ganha destaque pela linguagem utilizada. A autora mantém o padrão de palavras mais fáceis, mas as trabalha através de poesia. Todo o enredo é narrado em estrofes, o que dá ao livro uma sonoridade ímpar.

Além disso, por ser um livro altamente visual, é necessário destacar as ilustrações criadas por Johnny Fraser-Allen; elas dão um brilho a mais à obra, visto que são muito trabalhadas e ricas em detalhes. É possível ler centenas de nuances do enredo pelos desenhos, o que cria um jogo de verbal e não-verbal  bem interessante.

Também é necessário ressaltar, nessa obra, o trabalho da editora Aleph. A capa é dura e conta com uma ilustração primorosa. A diagramação está simplesmente perfeita. Além disso, é preciso que se ressalte a qualidade da tradução; afinal, traduzir poesias é algo altamente complexo, visto que se torna preciso retrabalhar toda a estrutura do texto.

Desta forma, Os Molambolengos é uma obra essencial para a sua estante, tanto pela qualidade quanto pelo trabalho gráfico. Seja adulto ou criança, certamente você irá curtir a leitura.

Comments

Comentários

Aline Semensato Paulistana com estilo geek e mantendo a fofura como a casca de uma tartaruga. Solteira, namorando, noiva, superou a crise dos 30 sem fazer botox. Projeto de leitora, tentativa de corredora.