Home Listas Pop Lista Gamer 10 jogos de PS2 que deveriam estar no PSVita
10 jogos de PS2 que deveriam estar no PSVita

10 jogos de PS2 que deveriam estar no PSVita

0
1

Uma breve lista de jogos que poderíamos matar a saudade no portátil da Sony enquanto estamos no banheiro!

Eu e você sabemos que o portátil da Sony é capaz, ele é potente, versátil e funciona como um dispositivo moderno, contando com seu botão de travar que permite retomar o jogo exatamente de onde você parou, mas nessa história toda, onde entra o PlayStation 2?

Bem,conhecido também como um dos consoles com algumas das bibliotecas mais ricas de jogos até hoje, o PS2 tem muita coisa que merece ser rejogada, e já que esgotaram as versões remasterizadas de God of War, podemos falar dos jogos que ficaram de fora e que se beneficiariam da portabilidade PS Vita!

Lembrando que este post é 100% especulativo, e não comporta cálculos de processamento do console, é um devaneio sonhado possibilitado pelos múltiplos jogos de PS2 muito bem portados para o portátil!

Lembrando que este não é um top 10,mas uma lista pessoal de jogos que queria ver no Vita, e sim, excluí Shadow of the Colossus pra focar em outros jogos!

Dark Cloud 2
O action RPG mais profundo em muitas gerações, com uma pegada de pesquisa e criação de itens e veículos, ele conta com uma história cativante e mais de 200 horas de gameplay para tentar pegar tudo, tire uma foto, tenha uma idéia, procure o item e melhore uma arma, uma roupa, ou um veículo, e lá se vão horas da sua vida.

Deff Jam: Fight for NY

Deff Jam: Fight for NY
Este daqui é um daqueles jogos que estourou lá fora devido às celebridades presentes no jogo e que aqui virou um jogo de nicho, mas basicamente é o jogo de luta mais franco do mundo, com brigas de bar, criação de personagem e roteiro típico de clipe de rap norte americano.

Psychonauts
Um jogo direto da mente de Tim Schafer, traz literalmente um jogo de mente (essa frase pode ser lida ou cantada), que conta a história de Raz, um estudante do acampamento que o prepara para se tornar um agente secreto mental! Esse é um daqueles jogos plataforma com elementos de Medroidvania muito bem aproveitados a cada upgrade, e por ser um jogo longo, o modo standby do PS Vita traria vantagens de retomar o jogo a qualquer momento.

Viewtiful Joe

Viewtiful Joe
Que tal um Beat’em Up frenético, cheio de desafios e um fator replay gigantesco? É o que tentar tirar a maior nota em cada fase de Viewtiful Joe irá fazer, o clássico da Capcom e Clover Studios traz a ação necessária para um portátil e a beleza dos gráficos que parecem animação para uma tela menor e que te acompanhará pra todo lugar.

Final Fantasy XII

Final Fantasy XII
Ligar seu Playstation 2 e jogar um MMORPG era pros poucos que se arriscaram em jogar o Final Fantasy XI, mas a pegada que o Final Fantasy XII trouxe foi a mesma, ambiente abertos, criaturas de diferentes níveis no mesmo ambiente e o melhor de tudo, a história se passa no mundo de Ivalice, do Final Fantasy Tactics, seguindo todo seu sistema de castas e classes!

Beyond Good and Evil

Beyond Good and Evil
Aventura e progressão, é o que esse jogo traz pra você, com jogabilidades que bebem de fontes como Zelda e The Lost Vikings, o jogo faz bem seu papel em todas as áreas. Limita o gameplay às habilidades dos personagens é uma mecânica que favorece o jogo e torna os desafios/puzzles ainda melhores.

Okami

Okami
Muitos já argumentaram que Okami é um Zelda disfarçado, e quem faz isso é deixa de jogar está cometendo um grave pecado. Combinando uma direção artística de cair o queixo e uma jogabilidade muito agradável, Okami poderia se aproveitar dos controles de toque do PS Vita para aumentar ainda mais a imersão. 

God Hand

God Hand
Em muitos momentos duvidei da qualidade de God Hand, não pelo aspecto é jogabilidade, mas pelo jeito que me foi apresentado, personagens estranhos, uma interface horrorosa e um protagonista metido. A minha surpresa? Um beat’em up de qualidade com golpes, upgrades e humor nonsense.

Maximo: Ghosts to Glory

Maximo: Ghosts to Glory
O sucessor espiritual de Ghouls and Ghosts,Maximus se passa no mesmo universo da franquia e era um dos poucos jogos do Playstation 2 a ocupar um CD apenas de espaço. Com desafios e inimigos caricatos, o jogo fazia o tempo voar em um ambiente sombrio e divertido e que eu adoraria ter no meu portátil.

Katamari Damacy
Sei que temos Katamari Damacy para PSP e PS3, mas quero voltar para o primeiro jogo, lá, aquele com aquela trilha sonora marcante e o final épico, aquele jogo que você joga uma fase no metrô outra no banheiro, sim, quero meu Katamari no PS Vita!

Comments

Comentários

Carlos Vivacqua Criado em um laboratório por motivos de puro luxo e inveja, Vivacqua tornou-se o inventor da internet e em seguida da primeira máquina do tempo.
  • Yasser Hanzi

    Quem vive de passado é museu gordão, o Vita tem varias series novas como Atelier e não vejo ninguem falando nada sobre, descobri outro dia pq entrei na PSN, pra frente é que se anda, vamos falar mais de Neptunia’s,